Vekaplast: SoftLine
Informação profissional sobre a Envolvente do Edifício
A indústria está a impulsionar o uso de materiais ecológicos em resposta à demanda de construção sustentável.

Rita Duarte, diretora do Smart Home Show

Gabriela Costa21/02/2024
Vemos cada vez mais as novas construções a incluírem sistemas de domótica que permitem uma gestão eficaz e inteligente da automação, nomeadamente de janelas e persianas e de portas

O regresso do Smart Home Show - Salão da Domótica, Casa Sustentável e Segura à Alfândega do Porto, entre 22 e 24 de março, anuncia-se como um facilitador de negócio entre especialistas nacionais e internacionais. Na sua 4º edição, o evento destaca as IoT aplicadas às residências, a integração de energias renováveis e a segurança e privacidade em ambientes inteligentes. Em entrevista de antevisão, a diretora do evento defende a evolução da domótica como “uma ferramenta poderosa na gestão da eficiência e segurança dos edifícios”, e a inevitabilidade de soluções de construção ecológica e sustentável, cuja procura “disparou nos últimos anos”.

Imagen

O regresso do Smart Home Show - Salão da Domótica, Casa Sustentável e Segura anuncia-se como “um espaço inovador e único no que às Casas do Futuro diz respeito”. Quais são as expetativas, a nível dos objetivos traçados para o evento, afluência e participação de especialistas nacionais e internacionais?

O Smart Home Show, como único evento do setor, tem vindo a cimentar a sua posição junto das empresas e tem apresentado crescimento e manutenção de expositores, tendência que se verificará novamente nesta edição. As nossas expetativas são naturalmente altas, pois entendemos a relevância do sector e queremos continuar a contribuir para o seu desenvolvimento.

Como vão dinamizar esta plataforma “facilitadora de negócios”, e que tipo de novidades são esperadas na área de exposição, por parte dos vários setores presentes, nomeadamente relacionados com envolvente do edifício?

O evento tem como objetivos ser um facilitador e fomentador de interação, negócio e parceria, e promover a reunião de especialistas nacionais e internacionais para partilha de conhecimento e experiências.

Que temáticas estarão em destaque no Fórum onde serão apresentadas as futuras tendências da Smart Home, entre os vários setores presentes?

As temáticas em destaque no Salão serão as IoT aplicadas às residências, integração das energias renováveis e a segurança e privacidade em ambientes inteligentes.

Rita Duarte no Smart Home Show
Rita Duarte no Smart Home Show

Em que medida a domótica é relevante na gestão da envolvente do edifício e como se concilia com os avanços na automação e sustentabilidade de sistemas de janelas eficientes e portas automáticas, por exemplo?

A domótica é uma ferramenta poderosa na gestão da eficiência e segurança das casas e edifícios. Vemos cada vez mais as novas construções a incluírem de raiz estes sistemas que permitem uma gestão eficaz e inteligente dos sistemas de automação, nomeadamente de janelas e persianas, portas, ventilação, iluminação, sistemas de som e segurança.

A Domótica torna-se não só relevante a nível de comodidade como, acima de tudo, contribui em grande escala para a sustentabilidade e controlo inteligente dos recursos.

Como é que os setores da arquitetura, design, construção e engenharia em Portugal estão a trabalhar para fazer evoluir o mercado habitacional para soluções tecnológicas e smarts? Sendo um nicho no mercado residencial, como perspetiva a evolução da domótica nos próximos anos?

A domótica veio para ficar. Este é um setor que só tem um sentido, que é o de crescimento. A tecnologia está cada vez mais presente nas nossas vidas e a domótica estará naturalmente cada vez mais presente nas novas construções. Os arquitetos, engenheiros, designers e instaladores têm um papel fundamental nesta transição, pois são prescritores destes sistemas e reconhecem as suas mais valias e importância, estando cada vez mais conscientes da importância e da relevância da tecnologia nas residências.

E como é que estes mesmos setores têm vindo a adotar novos materiais ecológicos e mais sustentáveis?

A indústria está a adaptar-se e a impulsionar o uso de materiais ecológicos em resposta à demanda de construção sustentável. Não só os materiais, mas também os métodos de construção têm cada vez mais em conta esta tendência. Temos um consumidor cada vez mais consciente que fez com que a procura de soluções de construção ecológica e sustentável tenha disparado nos últimos anos. Os incentivos governamentais também têm tido um grande peso nesta mudança.

Imagen

Na sua opinião, como serão as casas em 2050?

Embora não consiga prever o futuro, tudo indica que teremos casas altamente conectadas e eficientes em termos energéticos. Penso ainda que se dará cada vez mais ênfase às questões da sustentabilidade e se recorrerá, sobretudo, a materiais eco-friendly. Seguindo as tendências de todos os outros setores, será expectável que se generalize o uso de Inteligência Artificial para a automação das residências.

REVISTAS

Indalsu, S.L.Siga-nosLisboa Feiras, Congressos e Eventos / Associação Empresarial (Smart Cities Summit - Fil - Tektónica)A-OK Motors®

NEWSLETTERS

  • Newsletter NovoPerfil PT

    17/04/2024

  • Newsletter NovoPerfil PT

    10/04/2024

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

www.novoperfil.pt

Novoperfil - Informação profissional sobre a Envolvente do Edifício

Estatuto Editorial